• SlideShow
  • SlideShow
  • SlideShow
  • SlideShow

Edição 32

Capa

Localizada em um condomínio no Morumbi, bairro nobre de São Paulo, esta residência ocupa 1090 metros quadrados de área construída, e foi entregue aos proprietários em dezembro de 2007. O projeto de iluminação, desenvolvido pelo lighting designer Rafael Serradura, titular do Studio Serradura, criou uma identidade própria para os ambientes. Além disso, Serradura procurou integrar as áreas externa e interna da casa. “Utilizamos lâmpadas halógenas, fluorescentes, fibra ótica, telas tensionadas e LEDs nas entradas externa e interna, na sala de jantar e no mobiliário”, disse.

A arquitetura, em estilo contemporâneo, com linhas retas, é assinada pelo arquiteto Ricardo Julião, titular do escritório Ricardo Julião Arquitetura e Urbanismo, e o design de interiores pela arquiteta Tatiana Meneghetti. A construção possui 790 metros quadrados e três andares. O subsolo abriga o hall de serviço e a adega; no térreo estão as salas de estar, da lareira e de jantar, a cozinha e o bar; no piso superior estão os quartos, escritórios e a sala de televisão.

Leia a matéria na íntegra!


Entrevista

Inovador, polêmico e carismático, o lighting designer Luc Lafortune, um dos fundadores do Cirque Du Soleil, parece reinventar a luz a cada show que ajuda a criar. O pioneirismo deste profissional, que junto com sua companhia renovou o que se entendia, até então, por espetáculo circense e o resultado de seu trabalho costumam atrair diferentes públicos nas palestras que ministra em diferentes cantos do mundo.
Nesta entrevista exclusiva concedida a Lume Arquitetura, Luc revela um pouco de sua personalidade, e desfia, ao longo da conversa, uma série de razões para que todos os profissionais ligados à luz busquem em sua trajetória – na forma como desenvolve o seu trabalho e no resultado dele – inspiração para traçar seus próprios caminhos, e, quem sabe, até desviar a rota.
Luc estudou teatro na Concordia University em Montreal, no Canadá. Foi agraciado com diversos prêmios, pela excelência de seu trabalho. Entre eles, foi escolhido o lighting designer do ano de 1994, pela Lighting Dimensions International, e ganhou o Entertainment Design Award, em 1998, pelo espetáculo “O”.

Leia a matéria na íntegra!

Ponto de Vista

Lâmpadas incandescentes: até quando elas vão resistir?
Em nome da sustentabilidade, uma campanha mundial pelo banimento das lâmpadas incandescentes e sua substituição pelas fluorescentes compactas, que são mais econômicas, tem ganhado força nos últimos anos. No entanto, uma polêmica tem sido gerada em torno do tema, devido ao fato das fluorescentes conterem mercúrio em sua composição, e sua reciclagem em larga escala ainda não ter sido viabilizada, enquanto as incandescentes são consideradas lixo comum.
Outra questão levantada pelos que defendem a manutenção das lâmpadas incandescentes para usos específicos é a qualidade de sua reprodução de cor, de 100%, que ainda não foi alcançada por nenhuma outra tecnologia.
Países como a Austrália e a Irlanda e o Estado norte-americano da Califórnia já proibiram o uso do produto. No Brasil, tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei, de autoria do deputado cearense Arnon Bezerra, pretende proibir a fabricação, venda e uso das lâmpadas incandescentes no País a partir de janeiro de 2010.

Leia a matéria na íntegra!

Giuseppe Grill

Um dos cenários mais famosos do mundo, o romântico bairro Leblon, localizado na zona sul do Rio de Janeiro, retratado em várias novelas globais do autor Manoel Carlos, foi o local escolhido para abrigar a primeira filial do restaurante Giuseppe Grill, casa especializada em carnes, presente há 15 anos no centro da cidade.
Inaugurado em janeiro de 2007, o projeto arquitetônico modificou o espaço pré-existente, criando uma “ponte conceitual, visual e sensorial entre o conforto do passado e a vanguarda”, conforme define o arquiteto André Ricardo, do escritório V.G. Vicente Giffoni Arquitetura e Planejamento, um dos autores do projeto.
Aço corten, inox, vidro laminado, tijolos e madeira de demolição foram os principais materiais utilizados nos acabamentos. Painéis, quadros e esculturas com o tema “touro”, encomendados a 36 artistas brasileiros, especialmente para a casa, estão presentes em todos os ambientes.
O projeto de iluminação, desenvolvido pela arquiteta e lighting designer Mônica Lobo, do LD Studio, criou duas iluminações, uma para o dia e outra para a noite, com cenários específicos para diferentes ocasiões. “Fizemos duas falsas clarabóias e planejamos uma iluminação geral para o dia, e outra, para a noite, com o uso de um sistema de controles para organizar estas intensidades e cenas”, explicou.

Leia a matéria na íntegra!

Loja Carmim

A loja Carmim, que há 10 anos ocupa o mesmo espaço em uma esquina do Shopping Iguatemi, em São Paulo, passou por uma reforma no final de 2007. O intuito da obra foi dar uma nova cara ao lugar, com maior destaque para as vitrines, aumento da área de exposição e dos provadores. O projeto arquitetônico, realizado pelo arquiteto Tito Ficarelli, do escritório Arkitito, mesclou elementos modernos - como a utilização de embutidos e pintura automotiva na fachada do lugar - e clássicos - utilizando barrados de pedra e marcenaria com relevos.
A iluminação, projetada pelas lighting designers Junia Azenha e Ana Karina Camasmie, do escritório Foco luz & desenho, teve como objetivo criar efeitos assimétricos, como na arquitetura. “Procuramos valorizar o projeto arquitetônico, de interiores e, principalmente, o produto que está sendo vendido. Além disso, diminuir o consumo de energia e ter uma iluminação boa nas araras e provadores”, disse Junia.

Leia a matéria na íntegra!

Exposição MOVA Arquitetura

Mobilidade urbana. Este foi o tema da exposição Mova Arquitetura: Cidades e Mobilidades, que aconteceu no Museu Histórico Abílio Barreto, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, de novembro de 2007 a janeiro de 2008. Os 45 projetos expostos buscaram apresentar aos visitantes soluções criativas para os problemas de grandes cidades em vários países.
O evento foi uma iniciativa do IVM – Brasil, braço latino-americano da organização civil “Institut pour la Ville em Mouvement” (Instituto para a Cidade em Movimento), da França. Ele fez parte do 2º Encontro de Cooperação Internacional Descentralizada, que visa ampliar a cooperação para a solução dos problemas sociais de brasileiros e franceses.
A exposição, montada em uma área de 240 metros quadrados, teve museografia assinada pela Horizontes Arquitetura e Urbanismo e projeto de iluminação da arquiteta Norah Turchetti Conte, da Alalux. “Procuramos proporcionar ao visitante a sensação de estar dentro do espaço urbano, fortalecendo sua relação com as luzes da cidade e enfatizando o trabalho e a responsabilidade do arquiteto com as paisagens e atividades desenvolvidas nas cidades”, afirmou Norah.

Leia a matéria na íntegra!

Feiras

Coberturas da maior feira de iluminação do mundo, a Lighting+Building 2008, que ocorreu de 6 a 11 de abril, em Frankfurt, Alemanha, e da Expolux 2008, realizada de 8 a 12 de abril no Anhembi, em São Paulo.

Leia a matéria da Light+Building 2008 na íntegra!

Leia a matéria da Expolux 2008 na íntegra!

Iluminação sacra

Em artigo, a lighting designer Eliva de Menezes Milani, discorre sobre quais preceitos devem nortear os projetos de iluminação de igrejas católicas. Eliva é graduada em engenharia civil, com especialização em tecnologia de projetos de iluminação e mestrado em Arquitetura, nas áreas de conforto ambiental e eficiência energética.

Leia a matéria na íntegra!

Opinião

O lighting designer zéNuno Pinto Sampaio aponta os motivos pelo qual é contrário ao banimento das lâmpadas incandescentes.

Leia a matéria na íntegra!

Série Luz e Arte

Nesta edição, o lighting designer e professor da Unicamp Valmir Perez traça paralelos entre o cubismo e o relativismo e a arte da iluminação.

Campanha LD